A consolidação é um processo que a igreja organiza para acompanhar frequentadores até direcionando-os a se tornarem membros da igreja. O principal objetivo é definitivamente integrar o frequentador a igreja. Permitindo que ele sinta-se parte integral dela, entendendo claramente o compromisso que está assumindo.

Não ter um processo de consolidação em sua igreja é perigoso, você corre o risco de ter membros descomprometidos, que pouco sabem sobre a igreja e sobre vida cristã, e por fim pessoas que logo abandonam a obra de Deus por não estarem preparadas.

Sem consolidação, a igreja pode até crescer em questão numérica, mas com certeza terá uma grande carência em conhecimento bíblico e doutrinário. Pessoas se tornarão membros mas sem convicção de sua fé e das bases da igreja. Logo estarão mais propensas a desistir da caminhada cristã e abandonar a igreja.

Agora que você sabe a importância de que os frequentadores da sua igreja sejam acompanhados, vem a pergunta: Quem vai fazer isso? E a resposta é simples: Os membros da sua igreja!

Nada é mais eficiente no acolhimento de novos membros, sejam eles novos na fé ou vindo de outras igrejas que ser recebido por um membro da igreja. Os membros de sua igreja que decidem acompanhar um frequentador ajudando-o nesse processo de consolidação, chamamos de integrador.

E para ter certeza de que esse integrador está preparado para acompanhar da melhor maneira os frequentadores, você deve treiná-los. Escrevemos esse artigo para te mostrar 4 passos simples para treinar os integradores da sua igreja.

Vamos lá?

O treinamento de integradores não precisa ser um processo complicado e extenso. É importante certificar-se que todo integrador tenha os conhecimentos básicos sobre o que deverá ser passado ao consolidado. E ele também deve viver de acordo com as doutrinas da sua igreja, respeitando sua liderança e participando das atividades da igreja.

É importante que você treine os integradores explicando o que é a consolidação, como funciona e porque existe. Procure passar a eles normas básicas de comportamento, e de conhecimentos bíblicos e doutrinários.

Os integradores devem convidar os frequentadores da igreja a participarem do processo de consolidação, sejam eles novos convertidos ou aqueles que estão chegando de outras igrejas.

Incentive que todo integrador participe de classes de escola bíblica, investindo também em seu crescimento em conhecimento bíblico. Além de seguir os 4 passos que veremos agora:

1.Recrutamento
O primeiro passo no treinamento de integradores é recrutar, ou seja, convidar os membros da igreja que sejam maduros na fé para um treinamento intensivo de consolidação. Identifique quem são os membros da sua igreja que desejam tornar-se integradores.

Comece com quem tem o desejo e disposição para esse trabalho. E eles podem já terem algum cargo de liderança na igreja ou não. Incentive os membros a tornarem-se integradores.

2.Treinamento

Organize um encontro ou até mesmo uma classe bíblica para treinamento dos integradores. Deixe claro para eles como funciona o processo de consolidação, como utilizar o material, e quais os conteúdos indispensáveis eles devem transmitir ao consolidados.

Ajude-os sobre como organizar os encontros com os consolidados, e mostre a importância de que eles sejam membros exemplares para os frequentadores. Fale sobre a importância deste trabalho e agradeça-os pela disposição. Incentive-os a procurarem crescimento bíblico e espiritual, através de um relacionamento íntimo com Deus.

3. Prática
Depois de ensinar o que deve ser feito e como deve ser feito. Além de demonstrar a importância deste trabalho não apenas para a igreja, mas também pelas almas que chegarão até vocês. Permita que os integradores vivam a experiência na prática.

Os integradores podem organizar um encontro semanal com um ou mais frequentadores que queiram tornarem-se membros da igreja. Este encontro normalmente tem a duração de 1 hora, onde será passado um tema do material de consolidação que sua igreja elaborar.

Confie neles, e na preparação que você deu a eles. Deixe claro que eles devem te procurar caso precisem de ajuda e apoio.

4. Acompanhamento

Você também deve acompanhar os integradores. Se possível, promova encontros de acompanhamento bimestrais com todos os integradores da igreja. Nesses encontros traga palavras de motivação e crescimento.

Procure entender como estão sendo os processos e quais tem sido as maiores dificuldades. Ouça com atenção e ajude a todos que precisarem.

Esses 4 passos simples ajudam na formação e acompanhamento dos integradores da sua igreja, que são membros experientes que decidiram cuidar e acompanhar pessoas que tem frequentado a igreja.

Não coloque qualquer membro para acompanhar pessoas, garanta que ele tem conhecimentos básicos e indispensáveis para ajudá-lo no processo de integrar o novo membro saudável e comprometido com a igreja e a vida cristã.

Posts Relacionados