A coleta de dados para cadastramento dos membros e frequentadores da igreja é essencial para se ter uma igreja organizada e que cuida bem dos seus participantes.

Escrevemos este artigo pensando em você que está coletando os dados pela primeira vez. Listamos quais dados são essenciais para você colocar em seu cadastro:

Dados pessoais e de contato

Para que você possa conhecer melhor os participantes da sua igreja. Além de manter contato com eles durante a semana através dos diversos meios de comunicação que existem. Você deve ter os dados pessoais e de contato de cada um. São eles:

  • Nome completo;
  • Data de nascimento;
  • Endereço;
  • Estado civil;
  • Nome do cônjuge;
  • Nome dos filhos;
  • E-mail;
  • Nº de telefone residencial;
  • Nº de telefone celular.

Através desses dados você poderá estabelecer uma relação das famílias da sua igreja. Também poderá comemorar o aniversário de cada participante e até ligar para agendar uma visita.

Dados eclesiásticos

Para poder identificar quem são os membros, frequentadores e visitantes da sua igreja, você precisa conhecer os dados eclesiásticos de cada um. De forma prática e organizada, podendo tomar ações com base nos dados registrados. São eles:

  • Já foi batizado? (sim/ não);
  • Se sim, em qual igreja? (denominação);
  • Se não, tem interesse em ser batizado? (sim/ não/ quero saber mais a respeito);
  • É membro desta igreja? (sim/não);
  • Se sim, qual foi a forma que se tornou membro? (batismo/ reconciliação/ transferência/ testemunho);
  • Se sim, quando você foi recebido como membro? (data);
  • Se não, você deseja se tornar membro desta igreja? (sim/ não/ quero saber mais a respeito);

Com base nas respostas às perguntas acima, você terá conhecimento da quantidade de membros que sua igreja tem atualmente. Além de saber quem ainda não é membro mas quer se tornar, e quem ainda não é batizado mas tem interesse em se batizar.

Através destes dados você conhecerá muito melhor a sua igreja e poderá direcioná-la de uma forma mais certa levando em consideração as reais necessidades que ela tem.

Esses são os dados iniciais para fazer um cadastramento dos participantes da sua igreja. É claro que com o passar do tempo você pode ir aprimorando este cadastro conciliando com outras áreas da igreja. Por exemplo, colocando o cargo que cada membro ocupa na igreja, ministérios de atuação, turma da escola bíblica que ele participa. Enfim, tornar o cadastro cada vez mais completo.

Agora é hora de começar a coleta de dados. Veja como você pode fazer isso no nosso artigo 5 formas de coletar os dados dos participantes da sua igreja”.


Posts Relacionados