Considerando as igrejas que realmente tem pregado o evangelho de Deus, sem acrescentar ou tirar nada, com o objetivo de levar a salvação aos perdidos e edificar a vida dos cristãos através do ensino do evangelho. Existem alguns motivos que podem levar os cristãos a deixarem de frequentar uma determinada igreja.

Mas quais são esses motivos?

Eles podem ser inúmeros, como os pessoais – impossibilidade de frequentar os cultos por conta do horário, dificuldade no deslocamento até a igreja, questões de saúde  – mas também existem motivos que envolvem a forma como a igreja é administrada e como cuida dos seus membros e frequentadores. E são nesses motivos que vamos focar neste artigo.

Uma igreja mal administrada pode sim afastar muitos dos seus membros. Quando não há organização no planejamento execução dos cultos, eventos, escola bíblica e demais programações da igreja. Os membros percebem isso como um desleixo ou como algo que não foi feito com zelo para Deus. E isso traz um desânimo, gerando falta de motivação para apoiar as atividades da igreja.

Por isso, avalie se sua igreja tem sido bem organizada em suas atividades. Faça-se as seguintes perguntas:

  • Os cultos/programações tem começado e terminado no horário pré-definido?
  • Antes de iniciar o culto, o som, a iluminação, a projeção das músicas, e os obreiros estão prontos e preparados para começar?
  • A escola bíblica tem um roteiro bem definido de estudos ao longo do ano ou semestre?
  • Existem pessoas capacitadas para cuidarem das diversas áreas durante os cultos? (dízimos e ofertas, estacionamento, salas de crianças, recepção aos visitantes)
  • A comunicação com os membros e frequentadores das atividades que acontecem nos cultos tem sido eficiente?

Se as respostas às perguntas anteriores foram positivas e sua igreja está bem organizada, então fique tranquilo que esse não será um motivo para que pessoas deixem de frequentar sua igreja.

Mas, se as respostas demonstram que sua igreja precisa de melhorias, então escreva o que precisa ser mudado. Reúna-se com sua liderança e estabeleça processos para que cada atividade ocorra de acordo com o que foi definido.

Um dos principais motivos para muitos cristãos saírem das igrejas é a falta de cuidado. Um momento de dificuldade que o membro está passando e não recebe uma visita, uma enfermidade que não recebe oração ou uma ligação para saber com a pessoa está, são situações em que o membro se sente deixado de lado pela sua igreja.

E essa falta de um acompanhamento próximo da liderança pelo membro, faz com que ele se sinta desmotivado e acabe deixando a igreja. Infelizmente, essa é uma realidade e a preocupação de muitos pastores.

Por isso, é importante que o pastor e os líderes da sua igreja consigam se organizar de forma a cuidarem melhor dos membros. Você deve deixar horários disponíveis para o atendimento dos membros e frequentadores. Anuncie na igreja ou até deixe disponível sua agenda na página da sua igreja. Mostre-se acessível aos membros.

Procure ligar para aqueles que você perceber que não estão tão presentes na igreja. Ouça o que os seus líderes tem para dizer. Eles também podem ajudá-lo nesse cuidado da igreja. Para que você não fique sobrecarregado, entendemos que os pequenos grupos são uma estratégia de cuidado.

Através dos pequenos grupos, você terá líderes bem preparados para cuidar dos seus membros que estarão distribuídos entre os pequenos grupos da sua igreja. Eles serão ouvidos, receberão oração e os líderes poderão passar as informações do que está acontecendo na vida dos membros para você de uma forma mais rápida e prática.

Se você ainda não trabalha com pequenos grupos na sua igreja, entenda um pouco mais como eles funcionam através do nosso Guia de Como Implantar os Pequenos Grupos na sua Igreja.

Posts Relacionados