Antes de começar a falar sobre o assunto deste artigo, eu gostaria que você respondesse algumas perguntas. Tudo bem?

Você saberia me dizer o número exato de membros que a sua igreja tem hoje? Ou quantos membros, frequentadores e visitantes sua igreja tem hoje? E ainda quantos frequentadores já fazem parte da sua igreja há pelo menos 1 ano, mas ainda não decidiram-se pelo batismo ou por outro meio para se tornar membro da igreja?

Conhecer todos esses dados sem ter um cadastro completo e organizado, torna-se praticamente impossível!

Quando o pastor não tem um registro dos membros, frequentadores e até visitantes da sua igreja, ele tem maior dificuldade em saber o que está acontecendo. E isso prejudica o acompanhamento da vida de todos os participantes.

Agora, numa igreja com os dados bem organizados e que são frequentemente atualizados. O pastor consegue ter relatórios para saber como sua igreja estava, como está hoje e aonde ela pode chegar.

Em relação ao cuidado dos participantes, ter os dados de cada um no cadastro da igreja é essencial. Através do cadastramento dos participantes da sua igreja você consegue saber:

  • quantos membros sua igreja tem e a forma como eles foram admitidos na igreja;
  • relação das famílias na igreja;
  • quantos frequentadores (congregados) fazem parte da sua igreja;
  • qual o perfil dos participantes da sua igreja (jovens, adultos, famílias, idosos,…);
  • e a situação civil dos participantes.

Através de cada um desses dados você pode tomar algumas atitudes que geram mais cuidado. Você pode abrir uma classe de estudo com os ensinos básicos da bíblia caso perceba que sua igreja tem muitos frequentadores que ainda não converteram ou não se decidiram pelo batismo.

Outra forma de demonstrar cuidado seria criar encontros especiais para os casais da igreja, caso veja que a maioria dos membros são casais e ainda não existe uma programa específico na área de relacionamento conjugal.

Uma opção também seria criar um culto especial para jovens ou adolescentes caso seja um perfil de frequentadores que tem crescido na sua igreja.

Essas são apenas algumas ações que podem ser tomadas e demonstram um cuidado quando se tem os dados organizados dos participantes. Mas é claro que o pastoreio não se restringe a programações da igreja.

Acreditamos que através dos dados organizados, você pode organizar a sua agenda e começar a marcar visitas as famílias. Procurar ter um contato mais próximo e fazer um acompanhamento. Isso gera muito mais comprometimento dos membros com a igreja.

Além de que nesses acompanhamentos, os participantes serão instruídos de acordo com a palavra de Deus através da sua vida. O que também gera crescimento espiritual.

Procure utilizar os meios de comunicação para manter contato com os participantes da sua igreja. E através dos dados já registrados, você pode ligar para os participantes para dar os parabéns no dia do aniversário, enviar uma mensagem para as mães no dia das mães, ou enviar mensagens diárias de devocional.

Use as ferramentas de comunicação que você tem hoje para te ajudar no cuidado da sua igreja. Mantenha-se aberto e disponível para os membros poderem entrar em contato com você também. Através do relacionamento mais próximo, sua igreja terá participantes mais saudáveis e que apoiam a igreja em seus projetos.


Posts Relacionados