A grande maioria das igrejas tem o sonho de ter uma liderança motivada e membros comprometidos. Também desejam ser compostas por membros que se amam de verdade e se fortalecem crescendo em comunhão.

As pessoas que chegam à igreja, querem sentir-se parte dela, querem se sentir acolhidas, respeitadas e amadas. É dever da liderança ajudar para que todos sejam bem acolhidos.

Se você acompanha nosso blog, já deve ter visto vários conteúdos sobre consolidação. Alguns falam como é importante ter esse processo bem estruturado e outros sobre como organizar ou implantar um em sua igreja.

Neste artigo vamos falar sobre um dos passos dentro do processo de consolidação que é a recepção de novos membros. Nele falamos sobre a importância deste momento, além de te dar algumas dicas de como preparar sua igreja para ele.

Vamos lá?

Depois de concluir o processo de consolidação, seja como for o modelo de sua igreja, os novos membros precisam ser bem recepcionados como tal. Por isso é importante que sejam programadas festas de integração. Elas são planejadas para que os novos membros, conheçam mais pessoas e façam novas amizades dentro da igreja.

O ideal é que essa seja uma festa informal, onde as pessoas possam conversar e formar laços de amizade. Mas existem outras formas de fazer essa integração, pode ser feita através de uma festa, um encontro, ou até mesmo no final de um culto.

Nesses eventos podem ser convidados os novos e também antigos membros da igreja, visando uma atividade recreativa, espiritual e social.

Essas reuniões de recepção podem acontecer mensalmente, bimestralmente ou trimestralmente. E para definir essa periodicidade você deve levar em consideração o planejamento anual de sua igreja, média de novas pessoas por mês e o tempo de duração de cada processo de consolidação.

A recepção aos novos membros, independente da forma que ocorrer, é um grande motivo de celebração. Por isso celebrem com a igreja e recebam a todos com muito amor e carinho.

É importante destacar que esse não é um ritual ou um momento de exaltação pessoal. E sim um momento onde a igreja se confraterniza e recebe os novos irmãos que vem para agregar.

Essas pessoas assumiram um compromisso com a igreja, ou seja tem o desejo de ser parte dela. Por isso esse é um excelente momento para demonstrar a alegria que é tê-las como parte da igreja.

Peça ajuda para os líderes da sua igreja na organização desses eventos. Oriente os membros antigos da igreja a se apresentaram para os que estão chegando, convidá-los para seus pequenos grupos (caso sua igreja trabalhe dessa forma), e que procurem integrá-los nas atividades que sua igreja promove.

Você perceberá que através de relacionamentos mais sólidos, haverá uma menor chance desses membros deixarem de frequentar a igreja. Criando maior engajamento e unidade.


Posts Relacionados